domingo, 17 de janeiro de 2016

Coragem, o Cão Covarde


   Boa noite, queridos leitores e amigos. Apesar de ter ido fazer uma cansativa (mas valiosa) prova da segunda fase da Unicamp, não pude deixar de postar, mesmo eu estando atrasada. Hoje irei falar sobre Coragem, o Cão Covarde.


   Mas, antes de eu prosseguir, eu queria agradecer minha colega e amiga Natasha, do blog Garota Independente, que fez especialmente para mim os gifs que se encontram ao longo do post. Estaremos, no futuro, fazendo mais conteúdo em conjunto, para o entretenimento de vocês. Obrigada, Nah! 

   Coragem, o Cão Covarde, é uma série animada produzida e exibida pela Cartoon Network e criada por John  R. Dilworth.

   A história gira em torno de um cachorro medroso e seus dois donos idosos, Muriel e Eustácio. Eles moram em uma cidade fictícia, chamada "Lugar Nenhum". Coragem havia sido abandonado quando filhote, mas foi encontrado por Muriel, que o resgatou e levou para morar junto de seu marido, que é um resmungão.


   
   Coragem, por muitas vezes, sacrifica-se para proteger seus donos, em especial Muriel, e a casa em que reside, passando por inúmeras situações estranhas, contra vários inimigos perigosos. Enfrentando múmias, psicopatas e até mesmo a sombra de um velho que morreu. Chegando, em alguns momentos, a exclamar: 
"As coisas que faço por amor!"
   Quando éramos crianças, achávamos que coragem, por mais que passasse por momentos extremamente irreais, parecia apenas outro desenho engraçado. Mas como outros desenhos da época, existem muita especulação a respeito do real significado desse.

   Tanto eu, quanto o Corvo Gordo, concordamos com a teoria de quê todas essas situações são representações da imaginação de Coragem, por ser um cachorro que não passeia muito, já que seus donos são idosos. Então, tudo que está fora do terreno de sua casa, como tudo que é novo, é visto como uma ameaça, fazendo com que tenha medo daquilo. Um médico, o gato de uma pousada, até mesmo os vizinhos, são assustadores para ele.


   Enfim, quem já assistiu? Como vocês viam quando criança e como você veem agora? Espero que tenham apreciado a leitura. Obrigada.

   Participação do blog:


9 comentários:

  1. Adorei o post sempre assistia o Coragem e me assustava as vezes kkk Obrigada Amiga querida, Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostada, Nah. Espero que continuemos a trabalhar juntas daqui pra frente.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Amei teu blog, muito original!

    já estou seguindo, se puder retribuir
    beijos <3
    http://leticiamirandamakeup.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho, já irei retribuir. <3

      Excluir
  4. Eu assistia sempre esse desenho, e sempre ficava com pena dele. Nunca tinha ouvido falar sobre essa teoria, mas pensando bem faz sentido.

    Abraços!

    Uma Leitura Qualquer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos dois, eu ficava sempre com uma dózinha dele!

      Excluir
  5. Hauajaha mds que nostalgia membros de quando eu acordava cedo pra assistir! Lembro de quando eu acordo tarde e assisto hauahahahahaha sim eu assisto desenhos ainda hauaha na minha vida o só eh meio perturbado esse desenho mas tanto faz ainda vejo hahaua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um desenho um tanto quanto estranho, mas eu gosto dele. Hahahahahahaha

      Excluir