quarta-feira, 27 de abril de 2016

Indicação: Mogli - O menino lobo

Saudações, pessoal. Hoje vamos com uma indicação de um título que eu e a Raven assistimos bem recentemente e valeu muito à pena.

Mogli e Balu (2016)
Com o nome original sendo “O livro da selva”, o filme reconta a história de Mogli, um menino criado pelos animais da floresta, dentre um bando de lobos (como um se fosse um deles). É, de certa forma, um “remake/live action” de um filme que marcou a infância de muitos adultos de hoje em dia.
Escrito por Justin Marks e produzido pela Disney Pictures, o filme reconta a animação de 1967 de mesmo título. Com apenas 105 minutos, foi lançado oficialmente no dia 15 de abril.
O filme tem um enredo muito bem elaborado e adaptado, com alguns tons cômicos muito bem encaixados e uma conclusão bastante satisfatória.
Os efeitos visuais são magníficos, com belas, amplas e variadas paisagens, uma diversidade bastante grande de animais.
As interpretações são bastante ilustrativas e satisfatórias com destaque para o vilão Shere Khan e para a cobra Kaa, que, embora tenha uma participação muito curta e forçada para encaixar uma explicação do passado entre Mogli e o tigre, possui um efeito sonoro que merece destaque.
Muitas das músicas clássicas do filme estão de volta, trazendo aquela sensação de nostalgia, principalmente quando o urso Balu explica sua perspectiva da vida para o menino lobo.
A atuação do protagonista não é lá grande coisa, mas estamos tratando de uma criança atuando com imagens de computador, então não podemos exigir tanto assim.
Esse é um filme muito importante para os dias de hoje, traz as sensações da infância para os mais velhos, e cativa muito bem o público jovem, que precisa desse contato com a cultura mais inocente e pura.
Eu recomendaria assistir legendado, a figura de linguagem do “man cub” se traduz muito mal, e é importante demais para ser perdida, pois transparece que apesar de diferente e excluído dos demais animais, os homens ainda são nada mais que animais.


Mas eu tenho aqui uma ressalva muito importante. Tratando-se de um filme que supostamente cativa as crianças, pense bem antes de escolher sua sessão. Digo isso baseado na péssima experiência que tive na sala de cinema. Se seus filhos não sabem ler, ou não conseguem acompanhar a legenda, procure uma sessão dublada. Se eles não se comportam, não vá ao cinema. É preciso respeitar o espaço alheio, e uma criança conversando durante o filme e pedindo por tradução o tempo todo atrapalha a todos os outros pagantes dentro da sala.
É isso por hoje, não percam esse título, vale muitíssimo seu tempo, e nem é um filme tão longo.

Muito obrigado, até a próxima.

6 comentários:

  1. Estou ansiosa pra ver esse filme <3
    Ótima quarta-feira!

    Beijos,
    Pri
    vintage.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, aproveite o filme, pois vale a pena

      Excluir
  2. Eu lembro quando era pequena, assitia o desenho na tv. Nostalgia maravilhosa esse filme <3
    Agora só falta o bendito do dinheiro para poder assistí-lo </3

    skull-minds.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim que tiver o dinheiro, vá vê-lo, aumentará bastante a nostalgia, o filme é realmente bom

      Excluir
  3. Love your blog and I am follow you :)
    I hope that you follow me too <3

    ResponderExcluir
  4. Parece ser um ótimo filme! Já quero assistir *-* ♡
    Mundo da Lari ♡

    ResponderExcluir